sexta-feira, setembro 04, 2009

Desassossegos


Dos sonhadores de ideais – socialistas, altruístas, humanitários de toda a espécie – tenho náusea física, do estômago. São os idealistas sem ideal. São os pensadores sem pensamento. Querem a superfície da vida por uma fatalidade de lixo, que bóia à tona de água e se julga belo, porque as conchas dispersas bóiam à tona de água também.

Bernardo Soares, O Livro do Desassossego

Etiquetas: , ,

Partilhar

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial