domingo, outubro 11, 2009

um momento de partilha...

Já tinha saudades das filas bichas nas mesas de voto! Nos últimos anos, a deslocação à escola para votar tem sido mais rápida que ir à esquina tomar um café. Hoje voltei a ter de esperar em fila bicha. Grande confusão no átrio do pavilhão da escola. Quatro mesas de voto e um emaranhado de pessoas de onde apenas se distinguem duas filas bichas. Questionando os finais das mesmas, constato que nenhuma delas é para a minha mesa... Vou-me aproximando da dita e volto a questionar as filas bichas... Percebo que as mesas 5 e 6 se confundem no espaço. Pessoal, a fila bicha da mesa 5 é junto à parede! - ou seja 50 cm ao lado que fazem toda a diferença. Pequenos protestos, comentários e desabafos, mas as coisas lá se organizaram. Com a minha fila bicha perfeitamente identificada, 15 min de espera foram o suficiente para o cruzamento com algumas caras familiares Já tinha saudades dessa cumplicidade de, de facto, nos sentirmos todos pertença de algo comum...

Entretanto, durante esses 15minutos houve quem, chegado à entrada do pavilhão, tivesse dado meia volta, por não estar na disposição de esperar... É triste...


EDIÇÃO: Atendendo aos reparos comentados, e dando razão aos meus digníssimos leitores, voltei a chamar as coisas pelos nomes... - e é mesmo uma falha indesculpábel.

Etiquetas:

Partilhar

4 Comments:

Anonymous Porra said...

Bichas

segunda-feira, outubro 12, 2009 5:56:00 da manhã  
Blogger Espumante said...

Este comentário foi removido pelo autor.

terça-feira, outubro 13, 2009 5:56:00 da tarde  
Blogger Espumante said...

Também aqui deixo o reparo. Bichas e não filas. Porque faz toda a diferença. Bicha pressupõe uma certa dinâmica, inércia em movimento, ainda que intermitente. Uma bicha de carros, uma bicha de gente para a bilheteira do cinema e outras bichas do género. Não estou a inventar e vem nos dicionários. Já uma fila é um conceito de um alinhamento estático, uma fila de cadeiras no cinema, por exemplo, aliás os bilhetes de cinema ainda dizem Fila "x", cadeira "y".
Pelas razões que conhecemos, a bicha virou fila. Cai bem e é politicamente correcto não chatear os brasileiros. Ou, num sentido mais esmiuçado, sermos magnânimos na nossa superioridade cultural.Um dia, quiçá, viramos todos bichas por imperativos semelhantes.
Não te zangues comigo setôra, mas embirro com esta coisa das filas. Por razões óbvias :)))

terça-feira, outubro 13, 2009 5:59:00 da tarde  
Blogger cristina said...

Caríssimos.
Tendes toda a razom. Principalmente estando eu de bolta a terrinha. Ainda é bício de procurar as palabras ser entendida à primeira pêla mouraria. ;)

quarta-feira, outubro 14, 2009 11:30:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial