segunda-feira, junho 20, 2011

Venceu a lógica partidária















Pedro Passos Coelho, como se esperava, cumpriu com a palavra dada. Esperar-se-ia alguma solidariedade do grupo parlamentar do CDS-PP na segunda votação. A esquerda, envergonhada, prefere proclamar Portas como vencedor. Perdeu-se uma excelente oportunidade para dar ao país um sinal claro de união da coligação governamental. Portugal precisava desse sinal.

Etiquetas: , ,

Partilhar

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial