segunda-feira, maio 23, 2011

A verdadeira estória do lobo mau

José Sócrates é uma nulidade (até aqui nada de novo). Governou durante 6 anos o país e age agora como se fosse um perfeito desconhecido. Esgotado, um deserto de ideias, de propostas, agarrou-se às palavras, ideias, às medidas, chegando ao ridículo de reler algumas passagens do livro recentemente escrito pelo opositor. É uma figura a roçar o patético, doentiamente incapaz de responder directamente a uma pergunta, intolerante à crítica e visivelmente decadente na sua maneira de estar, de agir, de se expressar. É uma figura surrealista, cinzenta e demagógica.

Tiago Mesquita, José Sócrates e os sete anões contra Passos Coelho

Etiquetas: ,

Partilhar

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial