quinta-feira, maio 26, 2011

Se Sócrates tivesse as quotas da JSD em dia votava em Pedro Paços Coelho

Para os socialistas portugueses a crise profunda em que o país se encontra deve-se em geral, aos partidos da oposição que chumbaram o PEC; e em particular, ao principal partido da oposição. Os mesmos socialista, que nos [des]governam à seis anos e meio, consideram não ter absolutamente culpa nenhuma na situação.

Supondo que esta teoria absurda teria algum fundamento, porque é que os mesmos socialistas insistem na procura de um entendimento pós eleitoral com os partidos do centro-direita portugueses? Se fossem coerentes não deveriam procurar um entendimento com o BE ou com a CDU?

Etiquetas: ,

Partilhar

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial