terça-feira, dezembro 01, 2009

Dia da Restauração

Enfim, sabe-se pouco sobre Portugal, o exotismo das teses negativistas são o resultado de tal desconhecimento.

1 - Portugal é um país inteligível.

2 - Enquanto objectos de discursos eruditos, os mitos são as ideias gerais de um país sem tradição filosófica nem científica. O excesso mítico de interpretação é o mecanismo de compensação do défice de realidade, típico de elites culturais restritas, fechadas (e marginalizadas) no brilho das suas ideias.

3 - A "Pátria" não "está doente" nem "precisa de cura psiquiátrica".

4 - Portugal é um país único, integrado num sistema mundial constituído por muitos países, todos únicos. As ciências sociais são imprescindíveis na determinação de tal unicidade.

5 - Portugal é uma sociedade de desenvolvimento intermédio. A sua análise é particularmente complexa e não é possível sem ousada inovação teórica.

6 - Os portugueses são portugueses. Não são, por exemplo, espanhóis diferentes. O que os portugueses são ou não são é cada vez mais um produto de uma negociação de sentido de âmbito transnacional

7 - Portugal é uma sociedade semiperiférica. Findo o ciclo do império, está a renegociar a sua posição no sistema mundial. Não é possível que num futuro próximo seja promovido ao centro do sistema ou despromovido para a sua periferia. É mais provável que a sua posição intermédia se consolide em novas bases.

8 - Por via do tipo e da historicidade do seu nível de desenvolvimento intermédio, a sociedade portuguesa é muito heterogénea. Caracteriza-se por articulações complexas entre práticas sociais e universos simbólicos discrepantes, que permitem a construção social, tanto de representações do centro, como de representações de periferia.

9 - O Estado tem desempenhado em Portugal um papel privilegiado na regulação social. Um papel desempenhado com muita ineficiência e com muita distância entre representantes e representados. Daí a recorrência de fenómenos de carnavalização da política.

10 - A sociedade civil portuguesa parece fraca porque não se organiza segundo os modelos hegemónicos, os que têm predominado nos países centrais da Europa. Constitui, por exemplo, uma forte sociedade-providência que tem colmatado, pelo menos parcialmente, as deficiências da providência estatal.

11 - Portugal não tem destino. Tem passado, tem presente e tem futuro.

Portugal não pode estar constantemente na posição de ter de prestar contas perante os seus intelectuais, ainda por cima sabendo que nunca as prestará a contento. Os intelectuais, os diferentes grupos de cidadãos e de interesses e as diferentes classes sociais é que têm de se habituar a fazer contas e a não confiar em destinos nacionais ou horóscopos colectivos. Uns e outros são sempre expressão de um défice de presente que projecta num futuro excessivo o excesso de passado. Se algo caracteriza o tempo actual é antes um excesso de presente que tem condições para deixar o passado ser passado e o futuro, futuro.

SANTOS, B.S. (2002). "Onze teses por ocasião de mais uma descoberta de Portugal". In Pela Mão de Alice, pp. 49-67. Porto: Afrontamento.

Etiquetas:

Partilhar

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

http://viverseixal.blogspot.com/2009/12/hino-da-restauracao-sociedade-1-de.html

terça-feira, dezembro 01, 2009 10:35:00 da tarde  
Blogger Vera Y. Silva said...

"Portugal é um país inteligível" - o que diabo quer isso dizer?

sexta-feira, dezembro 04, 2009 9:32:00 da manhã  
Blogger NancyB said...

É uma pergunta interessante, BSS refere-se à necessidade de compreendermos Portugal para além das "mistificações" literárias. Leia o txt a q se faz referência é mto pertinente.

sexta-feira, dezembro 04, 2009 2:46:00 da tarde  
Blogger Joao com til no a, se faz favor. said...

Este comentário foi removido pelo autor.

sexta-feira, dezembro 04, 2009 9:10:00 da tarde  
Blogger Joao com til no a, se faz favor. said...

comecei a ler

até nem estava mal, pensei até que era poesia

mas quando vi que era texto do BSS reconsiderei: na maioria não se percebe; no que se percebe não se concorda

sexta-feira, dezembro 04, 2009 9:11:00 da tarde  
Blogger NancyB said...

Caro joão com til, tem de ler o original eu apenas coloquei os títulos da proposta do BSS que é aliás bastante entendível.

terça-feira, dezembro 08, 2009 7:48:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial