quinta-feira, outubro 29, 2009

coisa nenhuma...

Não escrever é uma grande responsabilidade. Faz com que o pouco que se diz tenha de ser realmente significativo. E essa significância leva a que se pense cada vez mais no que se vai dizer. E a falta de tempo de escrita inicial fica agravada por todo este complot de circunstâncias.

Venho por isso, desta feita, dizer coisa nenhuma, para quebrar o crescendo expectante da ausência de escrita.

Etiquetas: ,

Partilhar

2 Comments:

Blogger Espumante said...

E eu acho que fazes uma ponderação cuidada sobre a influência do dizer entre dizeres de coisa nenhuma, mas não deixo de pensar que a responsabilidade que referes é uma forma subliminar de formatar o substrato que pretendes imprimir aos textos, para que destoem do main stream da blogosfera. Enfim, é uma opção e tu lá sabes, mas eu, se fosse a ti, reconsideraria a possibilidade de entroncares numa forma mais pusilânime de estares por aqui, sem embargo da essência das coisas e da génese do que queres dizer. Será um plano B, dirás tu, mas tanta gente diz tanta coisa que serás uma entre tantos (tantos e tantas dirá a esquerda...),não é assim, que poderei dizer mais que não seja recomendar-te vivamente que não te vacines contra a gripe porque o Bush tem interesses nas farmacêuticas? Quando muito anda de taxi, lá diz a directora geral de saúde que os taxistas só apanham com os vírus no pescoço. De qualquwr maneira a mim faz-me impressão só de pensar que alguém me tussa no pescoço, embirração eu sei, e daí a ser chamado de homofóbico vai um passo, mas prontos, tosse no pescoço, não.
E agora não me perguntes o que escrevi porque de certeza que não sei. E não vou ler isto tudo outra vez. A não ser, xacáver, que eu verifique a puntuação, carago... humm olha, bai assim mesmo.
;) Veijinhos

quinta-feira, outubro 29, 2009 4:23:00 da tarde  
Blogger Luis said...

Não te conhecia a faceta metabloguistica ...

sexta-feira, outubro 30, 2009 2:44:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial