quarta-feira, abril 08, 2009

pensamentos concertados...

E se estivesse no meu lugar o que faria?...

Ora aqui está aquela pergunta que habitualmente é feita quando se adivinha que do outro lado não há uma resposta concertada, havendo habitualmente nem sequer uma resposta. Neste caso o contexto são as SS alemãs. Tinha como tarefa escolher regularmente 10 pessoas para a morte, para que o campo, cada vez mais populado tivesse "condições de subsistência". Não havia espaço para tanta gente... Se estivesse no meu lugar o que faria?...
Pois... não sei...

Sabendo os horrores e atrocidades que se passavam ao lado, a indolência só podia levar ao suicídio. Concluíndo-se, portanto, que toda e qualquer pessoa que tenha sobrevivido ao nazismo "do lado de cá" - fora dos campos - foi conivente com o sistema, pois não se suicidou...
Também não há-de ser bem assim!

Os crimes devem ser contextualizadas. As acções devem ser analisadas à luz da lei da época. Em tribunal, as pessoas só podem ser julgadas por incumprimento da lei.
Hummm... Tem o seu sentido, mas ainda assim não pode ser tão simplificado. Lá porque a lei devidamente contextualizada permitia matar judeus, isso não pode ser alibi de tudo...

Se estivesse no meu lugar o que faria?...
E no meio de tudo isto o meu mero "não sei" soa-me pérfido,
acrescendo o facto de que espero sinceramente não ter de saber...

Fui ver «O Leitor».

Etiquetas:

Partilhar

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial