segunda-feira, março 16, 2009

Tirar a Maria da aldeia

Hoje de manhã cedo, durante o meu passeio higiénico, nada mais a propósito, deparei-me com estes grandes anúncios ali no início da Avenida Louise.



Gosto imenso de ver anunciados assim os produtos portugueses, pois alguns têm todas as qualidades para obter sucesso além-fronteiras.

Para além da Renova, outra marca que tenho a certeza teria imenso sucesso fora de Portugal é a Compal. Eles lá vão dizendo que já estão na Bélgica, mas eu ainda não os encontrei fora das pequenas lojas portuguesas.

Pequeno pormenor: a cor do céu hoje às 9h30 da manhã. Começo o dia logo com outra disposição..

Partilhar

9 Comments:

Blogger Claudette Guevara said...

:D Maravilha!

segunda-feira, março 16, 2009 11:18:00 da manhã  
Blogger Carlos Santos said...

Se achar relevante: http://ovalordasideias.blogspot.com/2009/03/os-ganhos-das-economias-emergentes.html

segunda-feira, março 16, 2009 6:27:00 da tarde  
Blogger Joao com til no a, se faz favor. said...

A ilustra raça luça vai portanto passar a limpar os beiços (também vendem guardanapos, não é) à Europa civilizada.

segunda-feira, março 16, 2009 11:04:00 da tarde  
Blogger Pardal said...

PETIÇÃO

Esta Petição tem como objectivo solicitar à Assembleia da República a reapreciação e consequente revogação da componente da Lei n.º 53/2006, de 7 de Dezembro, relativa à Mobilidade Especial.

Porque a colocação de Funcionários Públicos em situação de mobilidade especial provocou desarticulação de serviços, tornando-os inoperacionais, de onde resultaram prejuízos para os cidadãos e para o País.

Porque os Funcionários Públicos atingidos por esta medida sentem-se, legitimamente, feridos na sua dignidade Humana e Profissional.

Porque a Colocação em situação de mobilidade especial originou percas de 1/3 das remunerações e danos morais.

Porque a Provedoria de Justiça reconheceu a existência de ilegalidades insanáveis nos processos que culminaram com o afastamento de muitos dos melhores Funcionários Públicos.

Importa que a Assembleia da República reaprecie a Lei n.º 53/2006, de 7 de Dezembro no que à Mobilidade Especial diz respeito.

A Conferência Nacional dos Mobilizados redigiu uma Petição e solicita aos Portugueses a sua assinatura para que seja possível a reposição da legalidade nos processos dos quais resultaram afastamentos injustificados de Funcionários Públicos.

Para assinar a Petição utilize o endereço abaixo indicado:

http://www.peticao.com.pt/mobilidade-especial

Estremoz, 15 de Março de 2009
O Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Mobilizados


POR FAVOR REENCAMINHEM

segunda-feira, março 16, 2009 11:22:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Há uma coisa que não entendi ainda. Se conseguiram criar uma Conferência Nacional de Mobilizados, porque é que essa Conferência não interpõe acção conjunta junto dos tribunais para pedir a reintegração dos funcionários e merecida indemnização pelos danos morais e patrimoniais? Porque não é preciso ser muito inteligente para saber que essa lei é ilegal e inconstitucional. Há coisas que não se entendem...

terça-feira, março 17, 2009 11:13:00 da manhã  
Blogger Carlota said...

Apraz-me o teu deslumbramento, Claudette.

Assim aumentando as exportações, João. Mas eu por acaso defendo antes a utilização dos guardanapos de pano.

terça-feira, março 17, 2009 2:09:00 da tarde  
Blogger MRP said...

Este comentário foi removido pelo autor.

terça-feira, março 17, 2009 3:24:00 da tarde  
Blogger MRP said...

isto às vezes nos blogs dá-se com coisas absolutamente surrealistas: mas a quem é que lembra promover uma petição na caixa de comentários de um post sobre papel higiénico…..

terça-feira, março 17, 2009 3:25:00 da tarde  
Blogger Carlota said...

A quem se está nas tintas para o post.

quinta-feira, março 19, 2009 2:47:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

Voltar à Página Inicial