quarta-feira, março 22, 2006

Divórcio unilateral

O BE parece andar um bocado baralhado. Agora defende o divórcio a pedido de um dos cônjuges. Confesso, que à primeira vista, esta "radiosa" ideia não me choca muito, mas se considerarmos que o casamento é uma relação contratual entre duas pessoas livres, talvez já não falte muito para o Bloco começar a defender, com o JCD, a liberdade contratual no mercado de trabalho.

Agora já entendo melhor esta dúvida, e este abandono.

O Gabriel também já goza com esta caricata posição.
Partilhar

5 Comments:

Blogger Nancy Brown said...

Bom dia André!
O Bloco ainda nos surpreenderá, muito mais...
Quando o "moralismo" bate à porta do fundamentalismo... é sempre de... desconfiar!

quinta-feira, março 23, 2006 9:33:00 da manhã  
Blogger BRUNOFERREIRA said...

até qundo vai durar essa farsa Política do BE. essa fantochada oportunista que nada dignifica o pensamento ou a acção política.

não compreendo o que dizem, não compreendo em direcção vogam, não entendo os argumentos de quem neles vota, não entendo a utilidade da sua existência.

se me disserem que é a prova da liberdade e democracia, a possibilidade de criar um campo mais de comunicação seja ela qual for... eu até possoa aceitar, mas não deixa de ser o mais fraco dos argumentos, por ser tão forte abstracto e facil de utilizar.

quinta-feira, março 23, 2006 12:12:00 da tarde  
Blogger Carlota said...

Eu concordo com a proposta do BE, mas acrescentar-lhe-ia um ponto: que o cônjuge que pedisse o divórcio ficasse proibido de se voltar a casar nos 5 anos seguintes ao divórcio. E que fosse obrigado a indemnizar o outro cônjuge. E que perdesse o seu direito à partilha dos bens comuns do casal.
Achas demais?...
Se calhar estou a exagerar um bocadinho, mas se o BE continua assim a inspirar-me não sei onde vai parar a minha criatividade jurídico-legislativa. :))
Beijola

quinta-feira, março 23, 2006 4:06:00 da tarde  
Blogger antónio paiva said...

.....eu diria que o BE, gravita à sombra de algumas franjas do desespero de alguns, meia dúzia de ressabiados, que doutra forma não teriam qualquer visibilidade, estão sempre a chapinhar na mesma poça, oposição de qualidade e iniciativas de qualidade, sõa de facto urgentes e fazem muita falta, mas estes senhores ainda não perceberam, que até os pintores de paredes já foram extintos, ou melhor auto-extiguiram-se.....

sexta-feira, março 24, 2006 1:35:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Looking for information and found it at this great site... »

quinta-feira, fevereiro 01, 2007 1:17:00 da manhã  

Publicar um comentário

Voltar à Página Inicial